Camarão Tigre

segunda-feira, Dezembro 19, 2005

Kruger Park


É verdade, passámos o fim-de-semana no Kruger Park na África do Sul. Foi uma experiência bem interessante, poder estar lado a lado com animais selvagens, no seu habitat natural. Depois de vermos os animais no seu habitat natural, dá-nos uma certa volta ao estômago lembrar os Zôos...
Antes de mais devo dizer que ao atravessar a fronteira apercebemo-nos da diferença incrivel que existe entre Africa do Sul - onde preduminam plantações de cana de açucar, bananeiras e laranjeiras - e Moçambique - onde se avista mato e palhotas com sacos de carvão na beira da estrada para venda.

Mas vamos ao que interessa: Kruger Pak :)
Os primeiros animais que vimos foram os hipopótamos, que só percebemos que o eram quando, o que parecia um amontoado de pedras no rio, começou a mexer. É incrível, mas o hipópotamo é o animal que mais mata em Africa. Dizem que só a malária mata mais gente que ele. Hoje já não deve ser bem assim porque a sida mata milhões.
Depois o Crocodile River, que não é só de nome, o rio está mesmo cheio de crocodilos. É de arrepiar.
Logo depois um macaco, que andava todo excitado atrás duma macaquita. Coisas de machos...


E estes foram os animais que vimos logo à chegada, depois foram uns bons banhos de piscina e à noite uma boa tempestade tropical, com trevoada para assustar qualquer um, porque era tão forte que iluminava tudo como se estivesse de dia.


Domingo, despertar às 5 da manhã para ver os animais. Os primeiros a dar o ar da sua graça foram as impalas. Existem mais de 100 000 em todo o parque. São a fast food dos outros animais, se reparaem (e talvez com uma lupa - depois vêm as fotos melhor!) têm até o famoso M do McDonald estampado no rabo.


Os imponentes elefantes apareceram logo depois. Foi fantástico estar lado a lado com animais de tão grande porte.

Depois Cudos, que ficaram especados a olhar para nós, a pensar sabe-se lá o que. É giro ver os pássaros em cima deles a limpar os parasitas.

Os rinocerontes são magníficos, mas feios com só eles.

Vimos depois Zebras a pastar com as impalas. São chamadas "burros em pijama". Ao longe avistamos uma manada de Gnus que pastavam sossegados.

Paragem para o pequeno-almoço e para poder observar a quantidade incrível de pássaros existentes no parque, inclusive uma coruja, das mais pequenas que existe.

Fantástico foi ver uma Impala morta em cima duma árvore (banquete dum leopardo), infelizmente o leopardo não estava lá. Ainda me ocoreu sair para procurar, ou ir puxar a perna à impala para ver se ele aparecia, mas ia atrasar a viagem, e era capaz de não ficar em muito bom estado... Depois vimos um casal de leões a observar-nos, como nós os observávamos. Foi muito interessante, mas muito longe, por isso não vale a pena por a foto. Depois é chegada a vez do leopardo escondido entre os arbutos com uma impala morta. não deu para o ver bem, mas ouviam-se bem os seus grunhidos. E por fim o regresso. Sei que não vimos muitos animais, mas deixámos encontro marcado com eles para a próxima. Aqui utilizam muito o termo "Big 5" referindo-se aos 5 grandes: leão, leopardo, elefante, búfalo, rinoceronte. Muito fixe é também o restaurante por cima do rio dos crocodilos. Bhrhrr, que inpressão.

Vale mesmo a pena. é uma experiência única. É isso e atravessar a fronteira para voltar a Moçambique, horas e horas à espera, gente a passar à frente, corrupção, corrupção, mas enfim cá chegamos e gostamos imenso. Eles ainda não "acórdááááram prá vidá" por estes lados... se facilitarem a entrada em Mz mais pessoas virão, correcto???????

Beijinhos e abraços,

Neusa e Vapi

5 Comments:

  • Correcto. O problema é saber com que intenções lá vão!...

    By Blogger xung, at 12:21  

  • Excelente. Muito bom mesmo. E a segurança na Africa do Sul?

    E a que distancia fica isso de mz?

    By Blogger monty, at 12:54  

  • Nós acabámos por não sentir insegurança em SA porque fomos direitos ao Lodge.

    No entanto, o Ranger que nos levou lá disse-nos que tinham sido mortas 2 pessoas numa quinta, uns dias antes, sem qualquer motivo (não foi roubado nada!). Violência Gratuíta...

    A distância é, mais ou menos, 200Km. Faz-se bem. Excepto na fronteira!!! Pelo menos na época de Natal!

    By Blogger vapi, at 14:56  

  • Mas voa-se para lá ? ... ou é 200Kms de jipe pela picada ??!!

    By Anonymous Zeebruguee, at 21:09  

  • Pela autoestrada....
    Mas não esperes uma autoestrada europeia ;)
    Aqui as coisas são um bocado diferentes! :D
    Pode-se considerar uma autoestrada como sendo uma estrada sem buracos! :D :D
    Interessante, interessante!

    Ahh, temos portagens uns bons Kms antes de aparecer a verdadeira autoestrada. Ou seja, pagas por uma coisa que não tens, durante algum tempo!!!! Viva Mz

    By Blogger vapi, at 05:26  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home